A gestação compromete o resultado da Prótese de Silicone?

prótese de silicone pode ser colocada em qualquer idade acima dos 18 anos, e em muitos desses casos, as pacientes ainda não tiveram o primeiro filho.
Existe, portanto, a preocupação natural, se após a gestação o resultado da cirurgia será comprometido.
Antes, durante e após uma gestação o formato das mamas sofrem alterações, primeiramente a pele irá dilatar para acompanhar o ganho de volume mamário, após a lactação a tendência é a mama voltar ao tamanho normal, ou um pouco menor, o que pode resultar numa alteração no seu formato. Nem sempre a pele acompanha essa redução.
Mas nem sempre essa mudança é negativa, em alguns casos as mamas podem ficar mais bonitas e naturais, principalmente naqueles que havia pouco volume mamário e a pele ficou muito tensa com a inclusão da prótese.
É importante controlar o peso, para ganhar somente o peso necessário para uma gestação saudável, evitando assim outras alterações no corpo, ou maior dificuldade em voltar a ter o corpo antes da gravidez.

Prótese de Silicone Criciúma

Você sonha em realizar a cirurgia plástica de implante de silicone? A equipe Belvivere preparou um material e-book exclusivo, preparado exclusivamente para as pacientes que desejam mais informações sobre o procedimento. Baixe agora mesmo, clique: https://belvivere.com.br/protese-de-mama/

Para maior informações sobre mamoplastia, entre em contato conosco.

Dr. June Favarin – CRM-SC 13633 . RQE 6689 – Cirurgiã Plástica membro da SBCP

Dr. Eduardo Favarin – CRM-SC 9848 / RQE 6880 – Cirurgião Plástico membro da SBCP

 Agende seu horário hoje mesmo: (48) 3437 6117

 Whatsapp: (48) 98401 2958 ou clique aqui: http://bit.ly/belvivere-whatsapp

 Inscreva-se em nosso canal no youtube: https://goo.gl/EtgivV

Faltam apenas 3 meses para o verão, mas ainda dá tempo de aproveitar para curtir com visual novo

Faltam apenas 3 meses para o verão, mas ainda dá tempo de aproveitar para curtir com visual novo.

Circular com a aparência em dia é o objetivo de muitas pessoas. A chegada do verão marca o início da verdadeira corrida para conquistar esse sonho. Uma das alternativas é a cirurgia plástica.

Em três meses, a maior parte do inchaço tende a desaparecer e o restante não prejudicará o visual. Isso vale para quem quiser turbinar os seios, eliminar gordurinhas localizadas, modelar o nariz, retirar excesso de pele da barriga ou levantar o rosto. No caso de intervenções na pálpebra, o resultado chega praticamente ao final em 30 dias.

 

Nem se empolgue com a ideia de associar vários procedimentos. Sobrecarrega o organismo e a perda de sangue é maior. Cirurgia muito grande tem recuperação mais lenta, não dá para garantir o resultado em três meses. Portanto, pense bem e escolha apenas um procedimento. Também é importante lembrar que o tempo de recuperação de fumantes é maior.

 

Cuidados

 

Após realizar cirurgias, existem sempre recomendações importantes aos pacientes. Há quem siga tudo à risca e outros que cometem alguns deslizes, que podem comprometer o resultado esperado, aumentar o tempo de recuperação, causar problemas à saúde e até trazer a necessidade de uma nova intervenção.

 

Entre os conselhos gerais estão  evitar traumas, não se expor ao sol e a fontes de calor, e manter repouso. Por exemplo, se operar o abdômen e sair correndo para a academia com o intuito de malhar o bumbum, as consequências serão nada agradáveis. Quando se exercita a musculatura da perna e glúteo, a do abdômen contrai também para manter o equilíbrio. Pode romper pontos e vasos sanguíneos internos. Se a atividade for muito grande, certamente vai requerer uma reintervenção.

 

Os traumas no local recém-operado podem causar sangramentos, tanto internos quanto externos. Dependendo da quantidade, às vezes, precisa ser operado com urgência. Como o sangue é um alimento rico para as bactérias, predispõe a infecções, que pedem tratamento longo.

 

Relaxar ao sol com hematomas de uma cirurgia é sinônimo de manchas, com grandes chances de se tornarem definitivas. Quando a hemoglobina recebe radiação ultravioleta, vira hemossiderina (que é marrom) e deposita-se no tecido gorduroso.

 

Associações

Algumas medidas têm o intuito de acelerar o processo de recuperação. A lista conta com drenagens linfáticas (auxiliam a desinchar), e cintas modeladoras. Eventualmente, a endermologia (aparelho que massageia o local) é associada aos métodos.

Como não fazem milagres, nem adianta marcar a cirurgia para um mês antes da viagem, pois poderá perdê-la.

 

Cicatriz

Assim que o verão der as caras, a aparência pós-cirúrgica já vai causar boa impressão nas fotos. No entanto, é importante continuar a se preocupar com a cicatriz, pois demora em torno de um ano para chegar ao resultado final.

 

As formas de evitar que fique mais escura são apostar no filtro solar com fator 50 ou 60, reaplicá-lo a cada três horas e colocar uma fita microporosa por cima. No caso de prótese de silicone, por mais bonito que os seios estejam, contenha-se e evite o topless. O biquíni protege do sol.

 

 

Cirurgia plástica para pessoas que tiveram grande perda de peso

A obesidade vem aumentando ano após ano. Segundo dados do ministério da saúde, nos últimos 10 anos o número de pessoas obesas aumentou 60%. Outras doenças associadas, como diabetes e hipertensão, também apresentaram crescimento significativo.

Em busca de uma saúde melhor, as pessoas que sofrem de obesidade recorrem a tratamentos de reeducação alimentar e procedimentos cirúrgicos, muitas vezes associando as duas modalidades de tratamento.

Como o processo de perda de peso é rápido, o organismo sofre algumas consequências, uma delas é o excesso de pele e flacidez, que devido às questões estéticas e até físicas, precisam ser corrigidas com procedimentos de cirurgia plástica.

Esses procedimentos cirúrgicos para ex-obesos estão em alta e seus resultados são excelentes, auxiliando no tratamento global do paciente. Isso porque os resultados estéticos depois de uma grande perda de peso podem não ser muito satisfatório para o paciente.

As principais cirurgias realizadas para quem teve grande perda de peso são:

Cirurgias no abdômen

O abdômen é uma das regiões que mais sofrem com a perda de peso, seja ela uma perda de grande quantidade ou de pouca quantidade de peso. Para pacientes que sofreram grande perda de peso existem duas opções:

  • Abdominoplastia convencional: A abdominoplastia é a cirurgia plástica usada para retirar o excesso de gordura e de pele do abdômen, ajudando a diminuir a flacidez da barriga, ficando para sempre com a barriga lisa e dura, pois a gordura é queimada e os músculos costurados. Além disso, dá para remover estrias e cicatrizes feias na barriga. Esta cirurgia plástica pode ser feita em mulheres e homens e, é especialmente indicada para quem perdeu muito peso ou após uma gravidez e ficou com a região da barriga muito flácida.
  • Abdominoplastia em ancora: Essa técnica da Abdominoplastia é geralmente utilizada para pacientes com grande perda de peso, a principal diferença é que a cicatriz é como se fosse um T invertido, em formato de ancora, é assim feito para retirar o acesso de pele lateral também.

Lipoaspiração — Em ambas as técnicas de abdominoplastia, pode ser utilizada de forma combinada a cirurgia de lipoaspiração, para um resultado estético melhor, com a retirada de gordura em excesso da região.

Mamas (seios)

A mamoplastia é o segundo procedimento mais procurado por pacientes que sofreram grande perda peso, isso porque a mama é constituída basicamente de tecido mamário e gordura.

Para as mulheres o implante de prótese apresenta um bom resultado estético. Pode ser indicado o lifting de mama, a mastopexia reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para compor o novo contorno da mama.

Braços e coxas

Cirurgia plástica nos braços: A perda de peso pode ocasionar excesso de pele nos braços, o lifting braquial é um procedimento simples que retira o excesso de pele e pode ser associado com lipoaspiração para um melhor resultado estético. A cirurgia plástica nas coxas é similar a realizada nos braços, podendo ser uma simples lipoaspiração local até ressecções mais amplas.

Cirurgia plástica na face

Os pacientes que tiveram grande perda de peso e desejam fazer cirurgia plástica de face, ritidoplastia ou lifting facial, se queixam principalmente da região do pescoço e pálpebras. No entanto, todo o tecido da face sofre algum grau de queda. Em muitos casos se faz necessário uma lipoaspiração da região do pescoço combinada com o lifting facial, para melhores resultados.

Na cirurgia plástica de face as cicatrizes são escondidas no couro cabeludo e atrás das orelhas, o pós-operatório não costuma ser muito incomodo, o retorno as atividades acontecem de forma mais rápida que outras cirurgias.

Cirurgia plástica nos glúteos

A perda de peso afeta a região dos glúteos, sendo necessária sua remodelação. O procedimento pode ser realizado com ou sem inclusão de prótese de silicone.

 

Agende hoje mesmo seu horário para maiores orientações: 

Tel.: +55 (48) 3437 6117
Whatsapp: +55 (48) 8401 2958