Cirurgia Plástica

Mamoplastia redutora

É muito difícil encontrar alguém totalmente satisfeito com corpo, principalmente entre as mulheres. E na busca pelas curvas perfeitas, cada vez mais pessoas têm recorrido à Mamoplastia.

Mas ao contrario da mamoplastia de aumento a mamoplastia de redução a procura por sua técnica é, geralmente, associada a saúde. Seios excessivamente grandes podem causar, em algumas mulheres, problemas emocionais e de saúde. A cirurgia remove o excesso de gordura, tecido glandular e pele para atingir um tamanho de mama proporcional ao seu corpo.

cirurgia de redução do tamanho dos seios em criciúma

O peso do tecido mamário em excesso pode prejudicar sua capacidade de levar uma vida ativa. O desconforto emocional e o autoconhecimento, muitas vezes, associados a seios grandes e caídos, é um problema para muitas mulheres, pois podem causar desconforto e dor.

Em alguns casos, a mamoplastia é realizada isoladamente, em demais casos, ela é usada com procedimentos de cirurgia plástica tais como a lipoaspiração ou abdominoplastia. Mas antes de qualquer coisa, escolha um cirurgião em quem você possa confiar.

O tamanho e a forma dos seios são importantes. Converse com seu cirurgião sobre suas expectativas.Cirurgia plástica envolve muitas escolhas. A primeira e mais importante delas é selecionar um cirurgião em quem você possa confiar. Verifique se o cirurgião é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e se tem Registro de especialidade médica (RQE) em cirurgia plástica pela AMB (Associação Médica Brasileira). Também é importante checar o currículo do profissional, onde ele fez a graduação, residência médica, especialização e sua experiência profissional.

Indicações

  • O procedimento de redução de mama pode ser realizado em qualquer idade, mas, apresenta melhor resultado quando os seios estão totalmente desenvolvidos.
  • Indivíduos incomodados com a sensação de que seus seios são muito grandes.
  • Seus seios diferirem em tamanho ou forma.
  • Uma ou ambas as mamas não se desenvolveram normalmente.
  • Seus seios limitam sua atividade física.
  • Indivíduos com dor nas costas, pescoço e ombro causada pelo peso de seus seios.
  • Indivíduos com depressão nos ombros, no lugar das alças do sutiã, devido ao peso de seus seios.
  • Indivíduos com irritação da pele abaixo do sulco da mama.
  • Seus seios são flácidos e pendentes.
  • O mamilo está abaixo do sulco da mama quando seus seios não são sustentados.
  • Indivíduos com aréolas alargadas e pele flácida.
  • Indivíduos saudáveis que não tenham doença com risco de vida ou condições médicas que possam prejudicar a cicatrização.
  • Não fumantes.
  • Indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico.
  • Indivíduos determinados a seguir as recomendações do cirurgião plástico.
  • Indivíduos com disponibilidade e tempo não só para a cirurgia mas para o período de recuperação.
  • Sua capacidade de amamentar após a mamoplastia redutora pode ser prejudicada, sendo assim, converse com o seu médico se estiver planejando ter filhos.
  • A mamoplastia de redução é um procedimento individualizado e você deve fazê-lo para si mesma, não para satisfazer a vontade de alguém ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

Como é a cirurgia de redução de seios

A cirurgia de redução de mama geralmente é realizada através de incisões nos seios com a remoção cirúrgica do excesso de gordura, do tecido glandular e de pele. Em alguns casos, o excesso de gordura pode ser removido através de lipoaspiração, em conjunto com as técnicas descritas abaixo. A técnica usada para reduzir o tamanho de seus seios será determinada por suas particularidades anatômicas, composição da mama, quantidade de redução desejada, suas preferências pessoais e aconselhamento do cirurgião.

A opções de incisão incluem, o padrão circular em torno da aréola. As linhas de incisão que permanecem são visíveis e as cicatrizes permanentes, no entanto, geralmente ficam bem escondidas sob o maiô ou sutiã. A incisão é, geralmente, em forma de T invertido ou de âncora.

Após a incisão, o mamilo (que permanece com seu suprimento sanguíneo original) é reposicionado. A aréola é reduzida através da excisão de pele no perímetro, se necessário. Tecido mamário subjacente é reduzido, levantado e modelado. Ocasionalmente, em casos de seios extremamente grandes e pendentes, o mamilo e a aréola podem precisar ser removidos e transplantados para posição mais alta no seio (mamilo enxerto livre).

Aproximam-se as incisões para remodelar a mama, agora, em menor tamanho. As suturas são realizadas em camadas profundas dentro do tecido mamário para criar e sustentar os seios; suturas, adesivos, pele e/ou fita cirúrgica podem fechar a pele. As cicatrizes são permanentes, mas, na maioria dos casos, tendem a melhorar significativamente ao longo do tempo.

Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante a cirurgia. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

A Dra. June Favarin alerta que somente médicos especializados podem usar as técnicas de anestesiologia.

Pós-operatório da mamoplastia redutora

O pós operatório irá variar de paciente para paciente, de acordo como número de procedimentos realizados, características clínicas, entre outras variáveis. Via de regra a maior parte dos procedimentos exigem pelo menos uma semana de repouso e 30 dias ou mais afastados de atividades físicas mais intensas, como academias e outros esportes.

Uma bandagem elástica ou sutiã podem ser usados para minimizar o inchaço e sustentar os seios. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluido que possam acumular.
Mudanças nos seios, durante a gravidez, podem alterar os resultados da cirurgia, assim como oscilações significativas de peso.

Gravidez, perda de peso e menopausa podem influenciar na aparência dos seios submetidos à cirurgia.

Segundo o Dr. Eduardo Favarin o resultado do procedimento varia para cada paciente, por isso é importante procurar um profissional que esclareça todas as dúvidas e explique detalhadamente o procedimento, quanto mais seguro e confiante o paciente se sentir melhor.

Resultados da mamoplastia redutora

O novo tamanho da mama ajudará a aliviar a dor e as limitações físicas existentes previamente à cirurgia. A mama mais proporcional poderá melhorar sua autoestima e autoconfiança. No entanto, ao longo do tempo, seus seios podem mudar devido ao envelhecimento, às oscilações de peso, aos fatores hormonais e à gravidade.

Você deve fazer acompanhamento com seu cirurgião plástico para discutir mudanças em seus seios. Se, depois de alguns anos, você se tornar insatisfeita com a aparência de seus seios, você deve retornar ao seu cirurgião ara uma nova avaliação.

Preço a cirurgia de redução de mama

A hora de estipular o custo da cirurgia, há uma série de fatores que influenciam nesta soma. Uma deles é o cirurgião plástico, ou seja, o quanto ele é experiente e especializado no assunto. Mas não se iluda, ter um profissional qualificado é fundamental se você quer ter um bom resultado. Por isso, confirme sempre se o médico é um especialista e experiente em cirurgia plástica. Uma das melhores formas de fazer isso é conversando com outros pacientes.

Procedimento cirúrgico passo-à-passo.

Assista o vídeo e conheça detalhes de como é realizada a cirurgia para redução da mama.

Acesse nosso canal no youtube

Assista mais vídeos sobre estas e outras cirurgias em nosso canal.

Baixe nosso e-book sobre mamoplastia redutora

Elaboramos para você, que procura mais informações sobre a cirurgia de redução de mama, um guia completo com todos os aspectos que você precisa saber antes de tomar sua decisão.

Baixar

Receba nossas newsletters

Preencha o formulário ao lado e cadastre-se para receber nossos informativos sobre cirurgia plástica.